Para o homem que ri...

...e também chora, ora.

quarta-feira, maio 25, 2005

Undead, Undead, Undead

Ora, vejam só!
Minha garganta tem um nó!

Ora, olhem bem!
Ela raspa e me irrita também!

Ora, que realejo..!
Mal posso abrir um bocejo..!


Quando estou mal eu sempre me lembro que Bela Lugosi's Dead...
e aí eu fico pior ainda!

=)

Mas nunca me esqueço que Bela's undead
undead, undead, undead.

=)

E o que é clara, salgada, cabendo nos olhos e pesando toneladas, insiste em se segurar...
Nos fazendo pe(n)sar mais ainda.

Seria tão mais fácil se elas rolassem rosto abaixo, quando precisamos...
Ao menos nos deixaria algumas toneladas mais leve..!

Mas elas insistem em não rolar, por mais que empurremos...
E nada muda...
apenas...
...
podem concluir...

4 Comments:

  • At 8:21 PM, Blogger dud's said…

    ...
    agente q não percebe...
    ...
    =)

     
  • At 5:38 AM, Anonymous Anônimo said…

    muito complexo e comprio pra eu ler e entender..ta tarde..
    :*
    ollie

     
  • At 3:39 AM, Anonymous Anônimo said…

    e atualizar isso aki q eh bom nada neh/!
    e eu precisando t contar fofoca nerd e vc nada tbm de aparecer...
    ollie

     
  • At 5:21 AM, Anonymous Tiago medo 0 said…

    O peso se transforma em odio, que dai entao nos deicha mais fortes e irresponsavel pelos atos cometido em horas de furia e descarrego.
    O mesmo que arrebentar o violao na cara do truta vasilao que pede perdao depois de concluir sua missao

     

Postar um comentário

<< Home